“Arma é pra estar nas mãos do profissional de segurança pública”, diz comandante-geral da PM baiana na CPI do MST

Paulo Coutinho, comandante-geral da Polícia Militar baiana, participou nesta quarta-feira (16/08), da CPI do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), na Câmara Federal, em Brasília.
Relator da CPI, o deputado federal Ricardo Salles (PL) questionou o ‘Caveira’ baiano, como o coronel é conhecido, se os proprietários de terras armados seria um risco para a segurança pública. Coutinho afirmou que “arma é pra estar nas mãos do profissional de segurança pública”

Informações extraídas do Informe Baiano
Foto: Reprodução

OUTRAS NOTÍCIAS