Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Após rompimento, Thiaguinho processa ex-empresário por desvio de quase R$ 10 milhões

Após rompimento, Thiaguinho processa ex-empresário por desvio de quase R$ 10 milhões

O cantor Thiaguinho entrou com uma ação judicial contra o ex-empresário, Bruno Azevedo, e a empresa dele, a Híbrido Eventos. O cantor já havia desfeito a parceria de trabalho de cinco anos com o então amigo e assumiu sozinho a gestão da própria carreira.

No processo, Thiaguinho acusa Bruno Azevedo de um suposto desvio de quase R$ 10 milhões, além de afirmar que o ex-empresário supostamente apresentava um comportamento instável, agressivo e com atitudes que passaram a prejudicar sua carreira, como tê-lo levado a romper contrato com a gravadora Som Livre, ter passado informações à Revista Forbes que não condizem com a realidade, revelando um patrimônio muito superior ao que o cantor realmente tem, entre outras coisas.

Thiaguinho ressaltou que contratou auditoria para apurar as contas da empresa de Bruno Azevedo e afirmou ter descoberto desvios milionários que estavam ocorrendo desde 2018, pelo menos. A auditoria, no entanto, ainda não foi concluída.

Ainda na ação judicial, o advogado do cantor chegou a pedir o bloqueio das contas do ex-empresário, mas o pedido foi negado pela Justiça. Thiaguinho também entrou com um processo criminal contra Bruno Azevedo.

Segundo a jornalista Fábia Oliveira, fontes da sua coluna afirmam que Bruno diz que é Thiaguinho quem deve a Híbrido Eventos, uma vez que ele alega que sempre recebeu menos que o percentual que lhe era de direito.

Informações: BNews

OUTRAS NOTÍCIAS