Após reuniões, julgamento final do impeachment será antecipado

IMAGEM_NOTICIA_5

IMAGEM_NOTICIA_5

O julgamento final do impeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff, deverá ser antecipado após diversas reuniões realizadas nos últimos dias com o presidente interino, Michel Temer; lideranças do PMDB, incluindo o presidente do Senado, Renan Calheiros; e o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski. Segundo informações do jornal O Globo, em vez de começar no dia 29, como já havia sido anunciado pelo STF, no sábado (30), o julgamento deve começar entre os dias 25 e 26. Fechando as negociações – o PMDB e o governo querem encerrar logo o assunto – Renan almoçou com Temer nesta terça-feira (21) e ligou para Lewandowski duas vezes.

O presidente do STF afirmou que não se opunha a antecipação da data do início do julgamento, mas destacou que não queria realizar sessões no final de semana o que, para ele, tornaria o procedimento um espetáculo. Desta forma, o julgamento começa no dia 25 ou 26, parando no fim de semana (27 e 28), sendo retomado nos dias 29, 30 e 31.

OUTRAS NOTÍCIAS