Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Após retirada de tumor Pelé segue internado em UTI e se recupera de maneira satisfatória

Após retirada de tumor Pelé segue internado em UTI e se recupera de maneira satisfatória

O tumor no colón direito foi identificado durante exames de rotina em 31 de agosto, e o material foi encaminhado para análise patológica. ‘A cada dia que passa eu me sinto um pouco melhor’, disse Pelé no Instagram.

O ex-jogador de futebol Edson Arantes Nascimento, o Pelé, de 80 anos, segue internado em UTI do hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo, nesta sexta-feira (10) e se recupera de “maneira satisfatória” após retirada de tumor no colón direito no último sábado (4).

“O paciente Edson Arantes do Nascimento vem se recuperando de maneira satisfatória, encontra-se consciente, conversando ativamente e mantendo sinais vitais dentro da normalidade. Permanece na Unidade de Terapia Intensiva (UTI)”, diz boletim médico divulgado nesta sexta.

Em seu perfil no Instagram, Pelé publicou que “a cada dia que passa eu me sinto um pouco melhor”. Disse também que está “ansioso para voltar a jogar” e, enquanto está no hospital, aproveita para conversar com a família e também descansar.

“Meus amigos, a cada dia que passa eu me sinto um pouco melhor. Estou ansioso para voltar a jogar, mas ainda vou me recuperar por mais alguns dias. Enquanto estou por aqui, aproveito para conversar muito com minha família e para descansar. Obrigado novamente por todas mensagens de carinho. Logo mais estaremos juntos novamente!”

Havia previsão de ele sair da UTI e ir para o quarto na terça-feira (7).

O tumor foi identificado durante a realização de exames cardiovasculares e laboratoriais de rotina em 31 de agosto, e o material foi encaminhado para análise patológica.

O ex-jogador foi submetido ao procedimento no sábado (4). Nas redes sociais, após o procedimento, Pelé agradeceu às mensagens de carinho e a Deus e afirmou estar se “sentindo muito bem”.

Informações G1

OUTRAS NOTÍCIAS