Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Após “comer todo mundo” na Globo, atriz abre o jogo sobre sexualidade

Após “comer todo mundo” na Globo, atriz abre o jogo sobre sexualidade

A atriz Maria Zilda Bethlem, que já declarou ter “comido todo mundo” da Globo nos anos 1980, abriu uma caixinha de perguntas no Instagram e confessou que não tem preferência de gênero para se relacionar e afirmou não ter preconceito com nada. “Eu gosto do ser humano, meu amor. Seja preto, branco, macumbeiro, católico, evangélico ou índio. Não me interessa!”, respondeu ao ser questionada se a atriz se relaciona com mulheres. 

 

Em 2019, durante uma entrevista para o jornalista Paulo Sampaio, Maria revelou que “comeu todo mundo” no Rio de Janeiro, em São Paulo, Nova York e Paris, que “passava a régua” quando se tratava de relacionamento. “Exercitei muito a minha sedução. Eu aproveitava!”, admitiu. 

Maria já foi casada por oito anos, mas revelou que não consegue se interessar por mais ninguém. A atriz também afirmou que as mulheres se compreendem melhor e que, depois de uma certa idade, a relação é menos sexual e mais de companheirismo, diferente do relacionamento com homens. 

Mesmo afirmando que não se interessa por mais ninguém, Maria se envolveu novamente com outra pessoa em 2022, mas acabou terminando por conta da pandemia. 

OUTRAS NOTÍCIAS