APLB Feira declara paralisação da educação a partir do dia 16 de março e convoca manifestação

ft10-03-2022_150448

A APLB Sindicato – Delegacia Sertaneja convoca os trabalhadores da educação para a Paralisação Nacional da Educação no dia 16 de março, que será realizada em diversas cidades do país em defesa a valorização da categoria e do cumprimento do piso do magistério em todas as redes escolares. A Delegacia Sertaneja realizará um ato de manifestação a partir das 8h30 em frente ao Núcleo Territorial de Educação – NTE 19 em Feira de Santana e seguirá até a Prefeitura Municipal.

Antes do ato, a Delegacia Sertaneja convida os presentes que puderem participar da Campanha “*Doar sangue é um ato de amor!”* com doações no novo Hemoba em Feira de Santana, localizado na Av. Presidente Dutra (ao lado do NTE-19), a partir das 7h.

Listamos os requisitos básicos e alguns dos principais impedimentos temporários e definitivos para doação de sangue. No entanto, esta lista não esgota os motivos de impedimentos para doação, de forma que outras informações prestadas por você durante a triagem clínica serão consideradas para definir se está apto para doar sangue nesse momento.

Requisitos básicos para doação de sangue:
Estar em boas condições de saúde;
Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos, clique para ver documentos necessários e formulário de autorização. Consulte também este procedimento no Hemocentro de sua região);
Pesar no mínimo 50kg;
Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas);
Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação);
Apresentar documento original com foto emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social);
Respeitar os intervalos para doação
Homens – 60 dias (máximo de 04 doações nos últimos 12 meses).
Mulheres – 90 dias (máximo de 03 doações nos últimos 12 meses).
Contamos com a unidade na luta e na solidariedade!
APLB Sindicato, só conquista quem luta!

Informações: Ascom APLB

OUTRAS NOTÍCIAS