Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Alunos fazem manifestação para protestar contra falta de merenda escolar

Alunos fazem manifestação para protestar contra falta de merenda escolar

“Não se aprende de barriga vazia”, Governador, cadê você? Não se aprende sem comer”, “Para a maioria a merenda é a primeira refeição”. Esses cartazes ilustraram na manhã desta terça-feira (16) a manifestação realizada em Feira de Santana por estudantes do Colégio Estadual Georgina Soares do Nascimento.

A escola fica localizada no bairro 35 BI e os alunos relatam que estão há quase um mês sem merenda escolar. O professor de filosofia e história, Claudiano da Hora de Cristo afirmou que apoia o protesto dos alunos e sem merenda escolar o rendimento da classe cai bastante. Ele salientou que a merenda escolar é a primeira refeição do dia de muitos alunos.

O Colégio Estadual Georgina Soares do Nascimento tem cerca de 1200 alunos e de acordo com o professor desde o ano passado não recebe verba para a merenda escolar.

“Eu fui motivado a conversar com os alunos para fazer esse alerta porque o vice-diretor da unidade tinha me procurado na segunda-feira passando a demanda dos alunos que era liberar mais cedo por conta da falta de merenda. Oficialmente eu entendo que o aluno não aprende sem merenda. Mas, eu, professor não vou liberar o meu aluno mais cedo porque não tem merenda eu vou mais é me juntar aos meus alunos e aos professores para reivindicar esse direito. A nutrição escolar é parte da política de educação e então não dá para prejudicar o aprendizado do aluno e ser cobrado para dar rendimento a esses alunos”, declarou.

O professor frisou ainda que o colégio têm registrado baixos índices a nível estadual e nacional em relação a aprendizagem e é preciso que o governo do estado e o secretário de educação estejam atentos a essas questões para a melhoria da educação do estado.

informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade. 

OUTRAS NOTÍCIAS