Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Agentes da Seap dizem que invasão à cela de Garotinho teria sido ‘quase impossível’

Agentes da Seap dizem que invasão à cela de Garotinho teria sido ‘quase impossível’

 

1479301617_801077_1479316916_noticia_normal

Cinco agentes da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) que trabalham na cadeia de Benfica, onde estava preso Garotinho, prestaram depoimento nesta segunda-feira (27) ao delegado Wellington Vieira, da 21ª DP (Bonsucesso). Todos, segundo ele, disseram que a suposta agressão ao ex-governador é “quase impossível” de ter ocorrido.

Além deles, prestou depoimento também nesta segunda (27) o diretor em exercício da unidade. De acordo com as testemunhas, o segundo andar — onde ficam as galerias A, B e C — é ainda mais difícil de ser acessado. O delegado ainda pretende ouvir mais servidores do presídio e o ex-secretário de Saúde, Sergio Côrtes, que também está preso. Côrtes prestou os primeiros socorros a Garotinho.

| G1

OUTRAS NOTÍCIAS