Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Africanos adoram a Deus ao ar livre depois de tragédia

Africanos adoram a Deus ao ar livre depois de tragédia

Após a grande tragédia que ocorreu na África e devastou 3 países, entre eles foram: Moçambique, Zimbábue e Malawi, não houve impedimentos suficientes para que aquele povo deixasse de render gratidão a Deus.

O ciclone Idai é considerado um dos maiores fenômenos naturais existentes em todo mundo, desse modo, tendo praticamente toda a vida destruída, nem mesmo esses piores momentos conseguiram tirar as forças deles.

Segundo o presidente de Moçambique, Filipe Nyusi acredita que os mortos ultrapassam a casa dos 1.000, porém oficialmente já foram contabilizados mais de 750 óbitos e 110 mil pessoas desabrigadas.

Os números são chocantes e o que deixa-os mais ameaçados além de toda estrutura destruída, é o surto de cólera, que já foi confirmado pelas próprias autoridades, agentes da saúde.

os últimos dias, com suas programações diárias de cultos, o povo africano ao ar livre tem realizado os próprios rituais religiosos, para render gratidão a quem os livrou da morte.

O povo desse continente, segundo informações são pessoas que possui um grau de honra a Deus muito elevado, e pelo fato não são as adversidades da vida que fará com que eles excluam seus costumes religiosos.

Diante disso, todo choque que eles tem enfrentado, é apenas uma oportunidade para que aquele povo continue buscando a Deus.

O Pastor da cidade da Beira, região que foi mais afetada com todo fenômeno natural foi testemunho vivo do caso.

“Nós temos que agradecer a Deus por tudo o que Ele fez por nós. As nossas casas caíram, mas Deus sempre merece ser louvado. Estamos aqui para louvar o nosso Deus”, concluiu.

Fonte: O fuxico gospel

OUTRAS NOTÍCIAS