Advogado de Cristiano Ronaldo diz que documentos divulgados sobre caso de estupro são falsos

IMAGEM_NOTICIA_0 (3)

IMAGEM_NOTICIA_0 (3)

Peter S. Christiansen, advogado que vai defender Cristiano Ronaldo na denúncia por estupro, afirmou que os documentos divulgados sobre o caso são falsos.

“Os documentos que supostamente contêm declarações do senhor Ronaldo e foram reproduzidas na imprensa são puras invenções”, afirmou o advogado em comunicado.

Peter também garantiu que os documentos foram roubados por um hacker e um jornal publicou alguns deles de forma irresponsável.

“Cristiano Ronaldo não nega que aceitou realizar um acordo, mas as razões que o levaram a fazê-lo estão, pelo menos, sendo distorcidas. Esse acordo não representa de modo algum uma confissão de culpa”.

OUTRAS NOTÍCIAS