Adolescente mata os pais a marteladas e ateia fogo no quarto do casal no Rio de Janeiro

IMAGEM_NOTICIA_9 (40)

Um adolescente de 16 anos foi apreendido após matar os pais a marteladas e atear fogo no quarto do casal. Segundo o jovem, a motivação para o crime foi uma discussão com os pais após proibirem o jovem de faltar à escola para ir à aula de jiu-jitsu.

De acordo com a Polícia Militar, após o crime, o jovem saiu para lanchar com um amigo, e quando voltou, deu início ao incêndio no segundo andar da residência.

O menino foi adotado pela família em 2014 e era o único filho do casal. Ele é o filho biológico mais novo de um casal que teve quatro filhos, cada um adotado por uma família diferente. O irmão mais velho do jovem afirmou ao G1 que os pais sempre foram muito amorosos, mas que o menino era uma criança agressiva.

De acordo com a PM, quem ligou para os bombeiros e para a corporação foi o próprio adolescente. O Corpo de Bombeiros chegou à residência pouco depois das 3h da manhã desta sexta-feira (24) para apagar as chamas que consumiram todo o segundo andar da casa.

Informações extraídas do site Bahia Notícias

OUTRAS NOTÍCIAS