Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Adolescente e Mãe são atingido nos olhos por spray de guarda civil enquanto gritava de dor no chão

Adolescente e Mãe são atingido nos olhos por spray de guarda civil enquanto gritava de dor no chão

Um adolescente recebeu spray de pimenta nos olhos por duas vezes durante abordagem da Guarda Civil Metropolitana em frente ao Parque Mutirama, em Goiânia. Um vídeo mostra quando o rapaz, de pé, recebe o primeiro jato e se joga no chão gritando de dor. Ainda caído, a mãe tenta protege-lo, mas ambos são atingidos por segundo jato (assista acima).

A confusão aconteceu na manhã de domingo (19). A GCM relatou que o adolescente “se recusou a se identificar, recusou a aceitar a abordagem” por isso o uso do spray foi necessário como forma de “alerta”.

“Ela foi para notificar o pessoal, só que, já na chegada, eles foram hostilizados pelo pessoal da banca. Se for o caso de excesso, será encaminhado para Corregedoria para que o procedimento seja tomado”, disse o comandante operacional da corporação, Vilmar Rodrigues.

A família contou que o rapaz foi levado para a Central de Flagrantes de Goiânia, ficou apreendido até por volta de 20h e foi liberado.

Confusão

Segundo a Guarda, houve uma denúncia de que a barraca de espetinho estaria atrapalhando uma atividade na quadra e estaria irregular no local.

Imagens feitas durante a abordagem mostram que houve discussão entre os guardas e a família responsável pelas vendas.

Outro vídeo mostra quando um dos GCMs puxa o adolescente pela camiseta e o coloca no chão, enquanto a mãe tenta protegê-lo entrando no meio. Enquanto isso, a irmã filma e diz:

“Olha que absurdo, fazendo isso com ele! Olha que absurdo. Está louco, é?”.

Logo depois, outro vídeo mostra o momento em que o rapaz é atingido nos olhos por spray de pimenta disparado por um guarda. O rapaz está de pé quando é atingido pela primeira vez e se joga no chão, gritando de dor.

Enquanto isso, a irmã grita: “Aqui, gente! Socorro! Socorro!”.

A mãe do adolescente vai ao chão para ajudá-lo e o GCM joga o segundo jato.

Momento em que o adolescente é atingido pelo primeiro jato de spray do guarda civil — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Momento em que o adolescente é atingido pelo primeiro jato de spray do guarda civil — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Informações: G1

OUTRAS NOTÍCIAS