Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Acusado de cometer vários estupros é encontrado morto dentro do presidio

Acusado de cometer vários estupros é encontrado morto dentro do presidio

O detento, Naelson de Jesus Ribeiro, conhecido mais como “Dingo”, 24 anos, que cumpria pena no Conjunto Penal de Feira de Santana, acusado de cometer vários estupros na região dos bairros Mangabeira e Conceição, em Feira de Santana foi encontrado morto por enforcamento no interior da cela 6 do Pavilhão 6, na manhã de sábado (21-03-2020).

Segundo informações, os agentes penitenciários foram acionados pelos companheiros de cela da vítima, por volta das 7h. Ele dividia o espaço com outros dez presos. Residia no bairro Mangabeira e cumpria pena desde setembro de 2016.

Uma sindicância deverá ser aberta pela direção da unidade prisional para apurar o ocorrido e a Polícia Civil também investigará a causa da morte. Policiais plantonistas da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), sob o comando do delegado André Ribeiro, compareceram no presidio, onde realizaram o levantamento cadavérico.

O corpo de Naelson foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

A Acusação

Naelson Ribeiro foi apontado por várias mulheres como autor de vários estupros nos bairros Conceição, Mangabeira e adjacências. A delegada Clécia Vasconcelos, na época da prisão era titular da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM), afirmou que ele (Dingo) invadia residências durante a madrugada para cometer os abusos sexuais e roubar objetos das vítimas.

A Prisão

Após investigações da DEAM, descobriu que o mesmo estava escondido na localidade de Mantiba. Investigadores da DEAM com apoio do Pelotão de Emprego em Táticas Especiais em Táticas Operacionais (PETO) da 66ª CIPM.

Blog Central de Polícia, com informações do Ronda Policial e arquivo e imagem reprodução/Boca de Zero Nove.

OUTRAS NOTÍCIAS