Ações municipais visam prevenir gravidez não planejada na adolescência

IMAGEM_NOTICIA_5-52

No mês em que é celebrado o Dia das Crianças e o Dia Internacional da Menina, a Prefeitura de Salvador, em parceria com o Fundo de População das Nações Unidas na Bahia (UNFPA), promoveu o Cine-Debate Gravidez na Adolescência. No último dia 27, o evento reuniu adolescentes da Acopamec, instituição parceira do município, para assistir ao documentário “Meninas” e debater sobre a gravidez não planejada na adolescência. 

A ação ocorreu nos turnos matutino e vespertino, com as boas-vindas de Dinsjani Pereira, coordenadora de Políticas Públicas para a Infância, Adolescência e Juventude pela Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ), e de Michele Dantas, chefe de escritório da UNFPA. A atividade contou ainda com a entrega de pipoca e refrigerante, realização de um debate com os jovens e o encerramento com a distribuição de folders e brindes. 

“Além do Dia Internacional da Menina, no mês passado, celebrou-se o Dia Internacional de Prevenção à Gravidez Não Intencional. Pela celebração dessas duas datas, nós estamos fazendo uma série de debates em várias cidades sobre a gravidez não planejada na adolescência e resolvemos trazer aqui para Salvador, tendo em vista essa parceria que temos de longa data com a prefeitura”, conta Michele Dantas. 

A intenção do evento, segundo Dinsjani Pereira, foi sensibilizar e orientar os jovens de 13 a 19 anos, e a partir daí, criar estratégias com políticas públicas para reduzir os altos índices de gravidez não planejada na adolescência. “Para as meninas, foram mostradas as implicações de uma gravidez não desejada nesta fase da vida. Para os meninos, a corresponsabilidade do ato. Mostramos o filme e em seguida houve uma mesa de técnicos para debater e tirar as dúvidas do público”, afirma. 

Michele Dantas ressaltou que o índice de gravidez na adolescência do Brasil é superior ao da América Latina, com 400 mil casos por ano, e que os maiores índices de gravidez não intencional na adolescência estão concentrados no Norte e Nordeste. Esse cenário é refletido também em Salvador. 

Além da parceria para a realização do Cine-debate Gravidez na Adolescência, a SPMJ vem desenvolvendo outras iniciativas, a exemplo da entrega de sete mil preservativos na Arena Fonte Nova na última sexta-feira (28), em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), e de um trabalho nas comunidades, com discussões sobre a educação sexual reprodutiva, a dignidade menstrual e prevenção do abuso sexual. 

Fonte: Bahia Notícias

OUTRAS NOTÍCIAS