A história do coelho esperto fez a alegria da criançada da Matinha

2532018200141 (1)

2532018200141 (1)

Railane, 10 anos, Everton, 12, e Robert, 12, foram os primeiros a chegar no auditório formado por centenas de cadeiras, montado na praça São Braz, distrito da Matinha. Assistiram a peça “O coelho Pitomba”, apresentado pelo Grupo Contos de Green.

Toda ação gira em torno de um poço de uma onça, que não permite que nenhum bicho da floresta abasteça seus potes retirando água do local. A onça é convencida pelo coelho Pitomba, muito esperto, que a orienta que para melhorar a convivência com a vizinhança era melhor facilitar o acesso à água, bem comum a todos.

EVERTON DA SILVA - TEATRO VAI AOS BIRROS - MATINHA - FOTO VALDENIR LIMA (4)

Everton, que cursa a quarta série do fundamental, disse que já assistiu a uma peça de teatro na escola, mas gosta de ver um espetáculo na praça. “Tudo é muito bonito”. Praticamente não tirou os olhos do palco, a não ser para iniciar uma brincadeira com os coleguinhas.

A peça de temática infantil despertou a atenção da criançada que mora no distrito. As suas primeiras filas foram totalmente ocupadas por elas ou dividiram as cadeiras com adultos. Os primos Fabiana, Gisele, Carolina e João se espremeram em duas cadeiras e se encantaram com a história e a performance dos atores.

A estudante Virgínia Santos Pereira disse ser importante a interiorização de projetos culturais. “Assim, os moradores de distritos e povoados tem a opção de assistir a peças de teatro. Assim, só não participa de um evento como este quem não quer. Não tem desculpas para ausência”.

No domingo e na segunda-feira não serão realizados espetáculos. O retorno será na terça-feira, com a peça “Leitura e travessuras é uma gostosura”, no Feira X, às 19h.

O projeto Teatro vai aos bairros tem o apoio da Prefeitura de Feira de Santana, Fundação Cultural Egberto Costa, a Lei de Incentivo à Cultura, Ferramenta Consultoria e Projetos com patrocínio da Caixa Econômica Federal e o Ministério da Cultura.

OUTRAS NOTÍCIAS