Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

250 profissionais de saúde passam a atuar na nova sede da Central Estadual de Regulação

250 profissionais de saúde passam a atuar na nova sede da Central Estadual de Regulação

151817-3

Na manhã desta quarta-feira (5), o Governo do Estado entregou a nova sede da Central Estadual de Regulação (CER), onde irão trabalhar 250 profissionais, entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. A unidade funciona no segundo andar do prédio anexo do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), no bairro do Cabula, em Salvador.

A transferência da equipe para o novo espaço ocorre na próxima terça-feira (11). Na capital, 500 funcionários atuam na Central. Parte da equipe continuará realizando o trabalho na unidade da CER localizada no bairro do Pau Miúdo.

O secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, explicou que a nova unidade se fez necessária em função do crescimento da Central de Regulação. De acordo com o gestor, a sede no Pau Miúdo se tornou inadequada para todos os funcionários conviverem em um espaço apertado e com déficit tecnológico de rede de informática e equipamentos. Segundo Vilas-Boas, o novo espaço oferece mais tecnologia ao sistema de regulação, que se torna cada vez mais especializado.

1.500 solicitações por dia

Conforme ainda revelou o secretário, os pedidos de regulação chegam a 1.500 solicitações, por dia, no estado. Por isso, no mês passado, foi implantado um novo sistema de gestão hospitalar, vindo do Rio Grande do Sul.

Trata-se de um sistema de prontuário eletrônico, junto com um investimento de R$ 56 milhões em cabeamento estruturado e aquisição de quatro mil novos computadores para equipar os hospitais da rede estadual de saúde. Com a implantação do novo modelo, a Central passará a ter acesso à tela de internação dos hospitais. Assim que o prontuário estiver 100% operacional, haverá mais autonomia na gestão das vagas, que deixam de estar sob a autoridade de diretores, chefes de plantão e gestores dos hospitais estaduais.

Central de Regulação

O serviço realizado pela Central de Regulação consiste na oferta de recursos de saúde para pacientes que estejam internados em unidades que não disponham de equipamentos e estrutura necessária para realizar o atendimento. O serviço funciona 24 horas, todos os dias da semana.

A previsão é de que a nova sede fique em funcionamento pelos próximos 12 meses, que correspondem ao período de construção do edifício da Central Integrada de Comando e Controle da Saúde do Estado da Bahia.

As obras do edifício foram iniciadas no mês de agosto, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), e contam com investimento de cerca de R$ 8 milhões. No local, ficará instada toda a equipe da Central de Regulação do Estado.

OUTRAS NOTÍCIAS