O Vereador João Bililiu informou durante a sessão na Câmara Municipal de Feira de Santana, nesta quarta-feira (11), que foi confundido com ligeirinho e perseguido por viaturas da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), após dar carona a duas pessoas.

Ao Acorda Cidade, o vereador informou que dois veículos da secretaria fecharam o carro dele e ele achou inicialmente que era um assalto.

“Pela manhã, na saída de casa, chegando a Avenida João Durval Carneiro, no ponto de ônibus próximo a casa lotérica, tinha duas senhoras, uma minha amiga há 40 anos e uma esposa de um amigo meu. Só estava Deus e eu no carro, parei o carro e elas perguntaram se eu estava vindo para o trabalho. Eu disse que sim e aceitaram uma carona. Uma entrou pela porta da frente e a outra ficou no banco de trás. Quando liguei a seta e engrenei a primeira marcha para sair, só vi dois carros me fechando. Achei até que era um assalto. Quando olhei, vi que era um carro timbrado da SMTT e mesmo assim segui minha viagem. Quando engrenei a segunda, um carro tentou me fechar novamente”, contou.

João Bililiu informou que vai procurar o secretário Saulo Figueiredo e comunicar o ocorrido.

“Não gostei. Fui ofendido, tomei um susto e não vai ficar assim. Até agora estou nervoso. A idade está chegando e nesta vida violenta que nós vivemos hoje em dia, pensei até que fosse um assalto”, concluiu.

Fonte: Acorda Cidade