Mais duas pessoas morrem por febre amarela

Paulão 9 de fevereiro de 2018 | 10:27 am

20180125170826370889i

Duas pessoas morreram por causa de febre amarela no Sul do Rio de Janeiro. Os óbitos foram registrados em Angra dos Reis e em Paulo de Frontin. A informação foi divulgada pela Secretaria Estadual de Saúde.

Esta é a segunda morte por causa da doença registrada em Angra. Um morador, de 38 anos, morreu durante a madrugada do sábado (10), no Hospital Geral da Japuíba.

Em menos de uma semana, duas pessoas morreram vítimas de febre amarela. Na quarta-feira (7), um homem morreu em Valença, cidade que registra o maior número de casos confirmados no estado. Ao todo, são 16 no município.

A Subsecretaria de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado de Saúde do RJ informou que em 2018 foram registrados 55 casos de febre amarela silvestre no estado.

Veja abaixo:

7 casos – Teresópolis, sendo quatro óbitos

16 casos – Valença, sendo seis óbitos

6 casos – Nova Friburgo, sendo três óbitos

1 caso – Petrópolis

1 caso – Miguel Pereira, sendo um óbito

2 casos – Duas Barras

2 casos – Rio das Flores, sendo dois óbitos

1 caso – Vassouras

5 casos – Sumidouro, sendo dois óbitos

3 casos – Cantagalo, sendo dois óbitos

1 caso – Paraíba do Sul, sendo um óbito

2 casos – Carmo, sendo um óbito

1 caso – Maricá

4 casos – Angra dos Reis, sendo dois óbitos

1 caso – Paty do Alferes

1 caso – Engenheiro Paulo de Frontin, sendo um óbito

1 caso – Mangaratiba

 

Diretor Presidente: Josse Paulo Pereira Barbosa
Departamento Jurídico: Dr. Fernando Oliveira | Dr. Alberto Dalton Coelho
Diretor de Sede: Alex Neves Barbosa
Diretor Administrativo: Paulo Jadson de Oliveira Barbosa
Jornalista: Rute Damascena
Fone: 75 3021.1910 | Celular: 8835.3367 - 8110.3577


E-mail: programalivredopaulao@gmail.com