China lançará uma ‘lua artificial’ no espaço até o ano de 2020

Paulão 16 de outubro de 2018 | 5:51 pm

lua-cheia-em-pequim-na-china-1539691692341_615x300

A China enviará ao espaço um satélite de iluminação, também conhecido como “lua artificial”, no ano de 2020. O anúncio foi feito nesta terça-feira (16) pelo jornal oficial “Diário do Povo”, que citou fontes da Corporação de Ciência e Tecnologia Aeroespacial da China (CASC, sigla em inglês).

O projeto do dispositivo, que iluminará uma área com um diâmetro de 10 a 80 quilômetros na cidade de Chengdu, começou há anos. Ele foi projetado para complementar a luz da Lua durante a noite e terá uma iluminação oito vezes superiores à original, o suficiente para substituir as luzes da rua.

A ideia é de um artista francês, que imaginou colocar uma fileira de espelhos sobre a Terra para conseguir refletir a luz do sol nas ruas de Paris durante todo o ano.

Em relação ao lançamento do satélite, algumas pessoas manifestaram sua preocupação com os efeitos adversos que as luzes refletidas no espaço podem ter na rotina diária de certos animais. Kang Weimin, um dos diretores da companhia, explicou que a luz do satélite é similar ao brilho do entardecer, por isso não afetaria os hábitos da fauna.

Diretor Presidente: Josse Paulo Pereira Barbosa
Departamento Jurídico: Dr. Fernando Oliveira | Dr. Alberto Dalton Coelho
Diretor de Sede: Alex Neves Barbosa
Diretor Administrativo: Paulo Jadson de Oliveira Barbosa
Jornalista: Rute Damascena
Fone: 75 3021.1910 | Celular: 8835.3367 - 8110.3577


E-mail: programalivredopaulao@gmail.com