Paula, finalista do “BBB 19”, será intimada a depor na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) assim que deixar o programa, que termina hoje (12). A afirmação é do delegado Gilbert Stivanello. Paula, segundo a polícia, é investigada por injúria por preconceito baseada em intolerância religiosa dentro do jogo, após uma conversa com Diego e Hariany sobre Rodrigo. Na ocasião, a advogada disse que tinha medo de Rodrigo por ele ter contato com “esse negócio de Oxum”. Ela também declarou que “nosso Deus é maior”.

— Tão logo sair da casa, ela será intimada a depor. A data para o depoimento deverá ser na próxima semana — afirma o delegado Gilbert Stivanello.

Em entrevista ao Extra, Rodrigo (vítima no inquérito) disse ter ficado muito chateado ao ver algumas declarações dadas por colegas durante o reality.